Aspectos econômicos e sociais

As principais atividades econômicas dos habitantes do município são vinculadas a agricultura e pecuária. A maior produção encontrava-se na agricultura do abacaxi que durante muito tempo foi fonte de renda para o município, sendo exportado para outros estados do Brasil tais como: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Durante o auge da produção a abacaxicultura proporcionava empregos diretos para várias famílias. Em 29 de agosto de 1981 a EBDA (Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola) promoveu a primeira festa do Abacaxi em comemoração a grande safra existente.

Com a crise na produção de abacaxi outros produtos começaram a ser cultivados como a mandioca, fumo, amendoim, milho, banana, coco e laranja; policulturas que permanecem até hoje. Na pecuária existe a criação de caprino, ovinos, no entanto predomina a engorda do gado vacum sendo escoada em alguns casos, para o município de Feira de Santana.

Atualmente, a economia de Coração de Maria está bastante diversificada, além da agricultura, pecuária tem-se ainda o empreendimento feito pela Avipal (hoje cedida a Perdigão) com a criação de aves (frangos) no qual beneficiou pequenos proprietários de terras. Existem várias casas comerciais, fábricas: TONIN (bolsas e malas), FUJIBAG (sacolas plásticas), e o mercado informal também absorvem muito a mão de obra dos habitantes do município; porém o principal empregador é a Prefeitura Municipal.